Agentes são convocados para mobilização sexta-feira

  Com o intuito de chamar a atenção do governo em relação ao reajuste salarial, o Sinsap convoca os os agentes penitenciários  para um protesto na próxima sexta-feira, 31 uma mobilização com padronização das atividades, acompanhado por um manifesto em frente a governadoria com as demais categorias da segurança pública.
 
Com a padronização serão mantidas as atividades que estiverem observados os protocolos de segurança, garantindo os atendimentos prioritários relacionados à saúde e alimentação. Entretanto, outros setores possivelmente serão impactados devido a paralisação de outras categorias da segurança pública.
 
A mobilização acontecerá às 10 horas em frente a governadoria. Os servidores reivindicam o reajuste salarial inflacionário de 4,78.
“É momento de união dos servidores públicos, que lutam por melhorias salariais.  o Governo propaga um quadro drástico para as finanças do estado, onde alega não ter condições para conceder a reposição inflacionaria do período. Porém observa que existem muitas incoerências nesse discurso, já que o Governo aumentou o número de comissionados, e elevou o próprio salário e o dos Secretários de Estado”, declarou o presidente do Sinsap, André Luiz Santiago.
 
André destacou ainda que os servidores públicos dos demais poderes receberam regularmente as correções salariais, e constantemente são contemplados com uma série de benefícios, contraditórias para um momento onde impera contenção de despesas e redução de custos. “Se existe crise, ela tem que ser partilhada com todos os servidores. A crise não pode atingir apenas os servidores do poder executivo. O pai não pode ter filhos prediletos”, enfatiza.
 
Outras categorias  da saúde, educação e segurança pública também estão aderindo ao dia de protestos. Mais informações sobre a padronização das atividades serão encaminhadas para as unidades.